quarta-feira, 11 de janeiro de 2012

Osho sobre massagem

Massagem é algo que você começa, mas nunca terminará de aprender. É um processo contínuo, e a experiência se torna cada vez mais profunda e elevada. A massagem é uma das artes mais sutis, e não é uma questão de ser especialista. É uma questão de amor...
Aprenda a técnica e depois a esqueça. Apenas sinta-a e mova-se no sentimento. Quando você aprende profundamente 90% do trabalho é feito pelo amor, e 10% pela técnica. Apenas aprofunde o toque, um toque amoroso, e algo relaxa em seu corpo.
Se você ama e sente compaixão pela outra pessoa, e sente seu valor máximo; se você não a trata como um mero mecanismo a ser consertado, mas como uma energia de tremendo valor; se você está grato que ela confie em você e permita que você brinque com a energia dela; então mais e mais você sentirá como se estivesse tocando um órgão. Todo o corpo se transforma nas teclas do órgão e você pode sentir que uma harmonia é criada dentro do corpo. Não só a pessoa será auxiliada; você também o será.
A massagem é necessária no mundo porque o amor desapareceu. Outrora o toque dos amados era suficiente. Uma mãe tocava a criança, brincava com o seu corpo, esta era a massagem.  O marido brincava com o corpo de sua mulher e isto era massagem; isto era suficiente. Era um profundo relaxamento e uma parte de amor.
Porem isso tem desaparecido no mundo. Mais e mais temos esquecido onde tocar, como tocar e quão profundamente tocar. De fato, o toque é uma das linguagens mais esquecidas. Nós temos nos tornado desajeitados em tocar, porque a palavra tem sido corrompida pelos assim chamados religiosos. Eles têm dado á palavra um sentido sexual. A palavra tem se tornado sexual e as pessoas têm se tornadas medrosas. Todos estão em guarda para não serem tocados a não ser que o permitam.
Agora no Ocidente outro extremo surgiu. O toque e a massagem se tornaram sexuais. Agora a massagem é apenas uma proteção, um cobertor para a sexualidade. De fato, nem o toque e nem a massagem são sexuais. Elas são funções do amor. Quando o amor cai do mais alto pico e se torna sexo, então se torna feio. Assim esteja cheio de prece, quando tocar o corpo de uma pessoa, esteja cheio de prece, como se Deus estivesse nele, e você estivesse apenas servindo a Deus.
Flua com total energia. E quando você vir o corpo fluindo e a energia criando um novo modelo de harmonia, você sentirá um encantamento que nunca sentiu antes. Você cairá em profunda meditação.
Enquanto massagear, apenas massageie. Não pense em outras coisas, porque elas são distrações. Esteja em seus dedos e suas mãos como se todo o seu Ser, toda a sua alma, estivessem ali. Não permita que seja apenas um toque mecânico. Toda a sua alma entra no corpo do outro, penetra-o, relaxa os mais profundos complexos.
E faça disso uma brincadeira. Não faça como um trabalho; faça-o como um jogo e faça-o com alegria. Sorria e deixe o outro sorrir também.

Nenhum comentário:

Postar um comentário