quarta-feira, 18 de janeiro de 2012

Os benefícios da Psicoterapia em conjunto com a meditação e práticas de relaxamento


  Os benefícios da Psicoterapia em conjunto com a meditação e práticas de relaxamento ...
A ansiedade está cada vez mais recorrente no vocabulário das pessoas que vivem um cotidiano agitado e exaustivo de rotinas pesadas de trabalho e compromissos familiares.
Podemos perceber a ansiedade como um sintoma gerado pela impossibilidade de resolução de conflitos internos.
Ao se deparar com questões práticas cotidianas que necessitam de uma solução imediata nos atemos ao nosso potencial de resolutividade de conflitos a cada momento, porém deixamos de lado muitas questões internas que mobilizam nossa energia.
Quando existe conflito existe desgaste, utilizamos nossa economia energética para tentar solucioná-los de forma inconsciente e não nos atentamos a esse desgaste podendo resultar em somatizações que trazem desconfortos físicos e também desequilíbrio emocional.
A ansiedade é um dos resultados dessa falta de atenção, conscientização dos conflitos. Pairamos na incerteza do que precisa ser colocado em ordem e começamos a sentir uma pressa em encontrar uma solução que por estar encoberta nos da margens para encontrar válvulas de escape que podem ser nem um pouco saudáveis como por exemplo alimentação não adequada, insônia devido a atividade mental exagerada, e o aumento da correria no dia a dia.
A psicoterapia proporciona a possibilidade de através da verbalização entrar em contato com este conteúdo conflituoso, com as questões inconscientes que passam a emergir durante o processo de encontro terapêutico baseado na empatia e significação dos fenômenos no aqui e agora.
Com a relação terapêutica, a pessoa passa a sentir liberdade de expressar quem realmente é o que traz autoconhecimento e autenticidade.
Práticas de meditação proporcionam o silenciar-se e voltar-se para dentro, o que coloca a pessoa em um estado de atenção aos fenômenos primeiramente físicos e com o decorrer do tempo fenômenos psíquicos passam a ser contemplados com equanimidade( imparcialidade).
A pessoa que antes estava em um estado de ansiedade e devido a isso com certeza não possuía uma respiração completa o que acarreta em baixa da
bioenergia , passa a se conscientizar de sua respiração regulando-a e baixando gradativamente os níveis de ansiedade.
A prática de relaxamento proporciona uma conscientização da respiração e de seu próprio corpo, além de perceber os fenômenos a pessoa começa a compreender como enviar comandos ao seu cérebro para que seu corpo relaxe, para que deixem de existir contrações desnecessárias e para que consiga entrar em estados de sono profundo quando necessário.
     Que todos os seres sejam felizes !
Gratidão
Milena Massaro

Nenhum comentário:

Postar um comentário